PINGDOM_CANARY_STRING
modelo de negócios

Como criar um modelo de negócios

Tempo de leitura: cerca de 8 minutos

Todos nós já tivemos aquele momento especial que nos inspira para empreender. É um instante que vem rápido e você pensa: “opa, isso seria um ótimo negócio”. Na maioria das vezes, o momento para por aí. Mas, digamos que você queira dar continuidade à ideia. (Afinal, todos os negócios, seja uma multinacional de tecnologia ou um carrinho de pipoca, começaram com uma ideia semelhante!) Quais são os próximos passos depois de ter a ideia?

Antes de gastar inúmeras horas elaborando um plano de negócios de cinquenta páginas, é necessário primeiro determinar se seu modelo de negócio é viável, e é aí que entra o conceito do "business model canvas" (quadro de modelo de negócios, em tradução livre). 

O business model canvas é essencialmente uma estrutura para planos de negócios simplificados... na verdade, muito simplificados. Você insere os elementos mais importantes do seu modelo de negócio em um modelo pronto de página única. 

Mas o que são esses elementos importantes? Não se preocupe, vamos explicar o processo todo para você. 

O que é um business model canvas?

O business model canvas é um modelo de documento pronto, estruturado para organizar as informações de um modelo de negócio. Alexander Osterwalder, da Strategyzer, criou o método em meados dos anos 2000 e, desde então, tornou-se um padrão da metodologia Lean Startup. 

A proposta de valor é a parte central do business model canvas: o que os clientes ganham com o seu produto? Esse é o ponto de partida. Em seguida, você preencherá o quadro com informações sobre a sua empresa e seus clientes. As informações neste plano de modelo de negócios devem ser tratadas como uma hipótese: nas condições apresentadas, o seu negócio sobreviveria? É uma maneira rápida e prática de determinar a viabilidade do seu modelo. 

modelo de negócios
Exemplo de modelo de negócios Business Model Canvas (clique na imagem para modificar on-line)

Elementos do business model canvas

Como mencionamos acima, o business model canvas é um modelo de documento pronto. Não importa quem usa o modelo pronto, todos os documentos de business model canvas terão uma aparência semelhante. E todas têm os mesmos nove elementos: 

  • Proposta de valor 
  • Principais parceiros 
  • Principais atividades 
  • Principais recursos 
  • Segmentos dos clientes 
  • Relações com os clientes 
  • Canais 
  • Estrutura de custos 
  • Fluxos de receitas

Cada um desses elementos é representado por uma caixa na página, e essas caixas são sempre organizadas da mesma maneira. Tudo relacionado à infraestrutura da empresa (parceiros, atividades e recursos) fica no lado esquerdo da página. Elementos relacionados ao cliente (segmentos, relações e canais) ficam na direita. Elementos relacionados às finanças estão na parte inferior. No centro da página, unindo tudo, encontra-se a proposta de valor. 

A estrutura do documento é fácil, já está tudo pronto para você. Então vamos falar um pouco sobre o conteúdo: o que você deve incluir em cada parte de seu plano de negócios no business model canvas? 

Proposta de valor

O que você está oferecendo aos clientes? Qual problema ou ponto problemático você está tentando solucionar? Como vai fazer isso? Responda a essas perguntas da forma mais objetiva possível (recomendamos uma única frase!) e você descobrirá sua proposta de valor.  

Trate sua proposta de valor como uma estrela guia: ela deve orientar todos os aspectos do seu plano de negócios. 

Principais parceiros

É improvável que você consiga fornecer seu produto ou serviço por conta própria. Alguém sempre está envolvido, sejam fornecedores, distribuidores, uma empresa controladora ou outros parceiros. 

Por exemplo, um carrinho de pipoca: o(a) vendedor(a) não cultiva seu próprio milho, ele/ela conta com o supermercado para fornecê-lo. Da mesma forma, talvez ele/ela alugue o carrinho de uma distribuidora. Ambas as empresas são consideradas parceiras. 

Para determinar se o parceiro é importante, responda à seguinte pergunta: o modelo de negócios funcionaria sem ele? Se a sua empresa não consegue operar sem ele, então ele é considerado um parceiro principal. 

Principais atividades

Atividades são as ações necessárias para realizar sua proposta de valor.

Você se lembra do carrinho de pipoca da seção anterior? (Vamos falar bastante dele.) Quais são as atividades necessárias para produzir o produto e oferecê-lo aos clientes? Alguém precisa fazer a pipoca, temperá-la e receber dinheiro dos clientes. Essas são as atividades principais.

Para determinar se uma atividade é “principal”, faça aquela pergunta novamente: o modelo de negócios funcionaria se essa ação não fosse executada?

Principais recursos

Ao listar seus recursos, inclua também itens além de recursos físicos. Você provavelmente também precisará de recursos humanos (funcionários), recursos intelectuais (conhecimento, habilidades) e recursos financeiros. 

Segmentos dos clientes

Sua solução é voltada para quem? Quem trabalha com carrinho de pipoca não precisa de um produto desenvolvido para engenheiros de software. (Pelo menos não um carrinho comum.)

Seus segmentos de clientes são as pessoas e empresas que receberão valor do seu produto. Ao listar seus segmentos de clientes, recomendamos considerar os diferentes perfis dos compradores. 

Relações com os clientes

Depois de definir quem são seus clientes, você precisa estabelecer como vai se comunicar e interagir com eles. O cliente precisa de atendimento pós-venda? Para obter os melhores resultados, use um mapa da jornada do cliente para documentar a experiência do consumidor. Isso ajudará a identificar pontos de contato e monitorar o desenvolvimento dessas relações. 

Canais

Pense em como você está adquirindo novos clientes. É por meio das redes sociais? SEO? Conferências? Esses métodos de contato são seus canais. Enquanto as equipes de vendas são, no geral, responsáveis por criar e manter relações com os clientes, as equipes de marketing normalmente cuidam dos canais (ou meios de comunicação). 

Estrutura de custos

Para tocar seu negócio, você precisa gastar dinheiro — e provavelmente mais do que gostaria. Para manter as principais atividades, os recursos e parceiros, é necessário pagar funcionários, comprar material etc. Essas despesas compõem a sua estrutura de custos. 

Fluxos de receitas

Entretanto, a ideia não é somente gastar dinheiro. Para que sua empresa seja bem-sucedida, você precisa gerar receita. Fluxos de receita são maneiras de gerar dinheiro: como você está convertendo sua proposta de valor em receita? Talvez você ofereça um serviço baseado em assinatura, ou os clientes paguem uma taxa cobrada uma única vez. Seja qual for o modelo usado, certifique-se de listar todos os seus fluxos de receita. Para planejar as finanças corretamente, é importante ser muito detalhista. 

Como criar um business model canvas

Agora você está pronto para preencher seu próprio business model canvas. Você já fez a parte mais difícil, que é entender cada elemento do modelo. Agora só falta preenchê-la com seu plano de negócios específico.

1. Faça uma reunião com as partes interessadas e junte informações

Seja para criar um business model canvas digital ou físico, você precisa preencher as caixas presentes no modelo, o que significa inserir suas informações em um modelo pronto digital, ou desenhar o business model canvas em um quadro branco ou no papel. (É melhor usar o modelo pronto digital, afinal, estamos em 2021. E com um business model canvas digital, você pode colaborar mais, compartilhar arquivos com mais facilidade e aproveitar o armazenamento na nuvem.)

Para preencher business model canvas, você provavelmente precisará de informações das áreas de marketing, vendas e de outras equipes. Marque uma reunião com os representantes dessas áreas e preencham o modelo pronto juntos. É um processo rápido, deve levar de trinta a sessenta minutos.

2. Preencha o quadro

Seu modelo pronto está em branco e você está reunido com os representantes das áreas? Ótimo. Você está pronto para preencher o quadro de modelo de negócios. Lembre-se: o objetivo não é criar um plano de negócios minucioso. A ideia é definir os aspectos essenciais do seu modelo de negócios e fazer os ajustes necessários.

Comece com sua proposta de valor. Para relembrar um item específico, leia a lista acima novamente.

3. Teste suas suposições

Seu plano de modelo de negócios preenchido é apenas isso: um plano. Ele não é definitivo. Conforme sua equipe vai organizando as informações e oferecendo ideias, você poderá perceber que certos aspectos do seu modelo terão de ser alterados. Talvez você tenha listado um fornecedor como um parceiro principal, mas quem sabe agora encontrou um fornecedor com preços mais competitivos. Ou talvez tenha chegado à conclusão de que um modelo de assinatura não é necessariamente o melhor plano de pagamento para usar no momento. O business model canvas deve ajudá-lo a identificar esses ajustes, portanto, aproveite a oportunidade para aprimorar tudo o que for necessário!

4. Adapte e mantenha

O business model canvas é uma ótima ferramenta de planejamento, e seu uso vai muito além disso. Atualize o business model canvas para incluir as alterações feitas em seu modelo de negócio com base nas informações obtidas. Se fizer ajustes abrangentes, você pode, inclusive, criar um novo modelo de negócios.

Um business model canvas atualizado é um ótimo ativo, independentemente do nível de seu plano de negócios. O formato simples do business model canvas faz dele um recurso flexível e versátil, seja para mostrar para as partes interessadas e obter aprovação ou para integrar novos funcionários.

illustration of people working together

Agora é sua vez de criar um business model canvas no Lucidspark.

Comece hoje mesmo

Crie seu modelo de negócios no Lucidspark.

Experimente agora mesmo

Bastante acessado

Zoom’s Lucidspark Zoom App integration

Colaboração aprimorada do Lucidspark com o Zoom

Sobre o Lucidspark

O Lucidspark é um quadro branco virtual que ajuda você e sua equipe a colaborar e colocar em prática as suas melhores ideias. Ele vem com todas as notas adesivas, ferramentas de desenho à mão livre e espaço infinito na tela de desenho de que você precisa para registrar e desenvolver ideias. E ele foi criado especificamente para a colaboração. É um espaço de trabalho onde sua equipe pode discutir ideias e inovar junta em tempo real.

Produzido pelos criadores do Lucidchart, a plataforma utilizada por milhões de usuários em todo o mundo, incluindo 99% das empresas da Fortune 500.

Português
EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañolNederlandsPусскийItaliano
PrivacidadeJurídico
© 2021 Lucid Software Inc.