PINGDOM_CANARY_STRING
o que fazer depois do brainstorming

O que fazer depois de uma reunião de brainstorming

Tempo de leitura: cerca de 10 minutos

Juntar ideias para colocá-las em prática. Gerar novas formas de solucionar problemas antigos. Criar nomes ousados para produtos que ainda não foram lançados. Seja qual for seu objetivo ou motivo, o brainstorming é uma ferramenta colaborativa poderosa e eficiente para usar em praticamente qualquer tipo de negócio.

Agora, imagine isso: você acabou de encerrar uma sessão de brainstorming altamente produtiva com sua equipe e agora tem uma pilha enorme de notas adesivas na mesa. Já analisaram todas as soluções possíveis, mas é somente depois da sessão de brainstorming que o trabalho vai começar para valer. Você rapidamente percebe que a maioria dos conceitos gerados pelo grupo jamais se concretizarão. Pois bem, em qual solução você vai apostar? 

Saber o que fazer depois de uma sessão de brainstorming é tão importante quanto se reunir para gerar ideias. Portanto, qual é o próximo passo a tomar depois do brainstorming? Veja algumas dicas abaixo para transformar o brainstorming em ideias viáveis. 

Entre em um acordo sobre como classificar, priorizar ou categorizar as ideias

Antes de se comprometer com uma ideia gerada no brainstorming e colocá-la em prática, você precisa dedicar um tempo para decidir qual a melhor forma de organizar as ideias. Ao classificar, priorizar e categorizar a contribuição de todos do grupo, tente entender como cada resultado do brainstorming pode potencialmente impactar o resultado final.

Primeiro, quais são os recursos necessários para dar vida à ideia? Quanto desenvolvimento é necessário para realizá-la corretamente? São necessários meses ou anos de pesquisa e testes para colocá-la em prática? O conceito é muito inovador e vai ser preciso altos gastos com publicidade para lançá-lo no mercado de forma bem-sucedida?

matriz de impacto de esforço
Exemplo de matriz de impacto de esforço (clique na imagem para modificar on-line)

Outro fator que deve ser considerado é o risco. Por exemplo, se sua equipe foi encarregada de fazer um brainstorming de ideias para um novo produto ou serviço da empresa, faça uma análise rápida de cada conceito. Seria necessário implementar uma mudança na tecnologia, cadeia de fornecimento ou fabricação da empresa? O risco vale a pena? 

Os custos podem vir a ser um grande obstáculo mesmo para as melhores ideias do brainstorming. Quanto é o orçamento alocado para o projeto? Você precisa de aprovação da diretoria para viabilizar a produção do conceito? Os acionistas esperam algum tipo de retorno imediato?

O valor prático da ideia gerada no brainstorming é outro fator a ser considerado. Uma coisa é avaliar os recursos, riscos e custos das diferentes opções que você tem em mãos, outra coisa é entender seu valor, algo muito mais subjetivo. A ideia vai revolucionar o setor? Ela vai mudar a vida das pessoas?

Por exemplo, na corrida para lançar uma vacina no mercado, o valor de conseguir a solução certa é mais importante que as limitações de recursos, riscos e custos. Seu valor social é muito maior.

Seja classificando, priorizando ou categorizando ideias de acordo com esses padrões ou medidas alternativas, é importante que toda a equipe esteja de acordo. Todos podem contribuir com sua própria experiência no assunto, conhecimento prático e perspectiva única. 

Deixe as pessoas justificarem suas ideias

Durante a fase de geração de ideias, todos os participantes da reunião de brainstorming se dedicaram para gerar ideias e soluções próprias. Mas antes de consolidá-las com o grupo, provavelmente os colegas de equipe mais produtivos já tinham pensado em diversas ideias nas quais acreditam veementemente, principalmente se são pessoas afetadas pelo problema sendo debatido, ou funcionários que têm como responsabilidade funcional encontrar soluções.

Depois da reunião de brainstorming, deixe cada participante apresentar sua ideia para a equipe. Para fins de contextualização, oriente-os a explicar o problema ou a situação atual e como o conceito ou solução que estão propondo poderia corrigi-lo ou melhorá-lo. Qual o estado futuro que estão apresentando?

Ao justificar suas ideias, cada membro da equipe deve mostrar como sua proposta vai melhorar a situação ou a participação de mercado da empresa.

De novo, o consenso é muito importante. Observe quais ideias parecem atrair mais interesse ou atenção. Faça perguntas aos proponentes e deixe-os à vontade para apresentar contra-argumentos, se necessário.

Depois de apresentarem suas ideias, os participantes podem escrevê-las em um quadro branco ou em notas adesivas para colar na parede. (É claro que os grupos também podem trabalhar em um quadro branco on-line, como o Lucidspark.) Se houver ideias semelhantes, peça para colocá-las uma ao lado da outra.

brainstorming

Organize as ideias geradas no brainstorming

Depois da reunião de brainstorming, você classificou, priorizou e categorizou as ideias... e agora vai agrupar os conceitos restantes de acordo com o interesse que geraram nas pessoas.

Quais ideias chamam sua atenção de imediato? Há ideias que atraem você por completo? Outras que precisam ser analisadas melhor? Ou talvez totalmente descartadas?

Talvez você tenha notado que algumas das opções sendo consideradas são parecidas (são as ideias que você juntou enquanto as pessoas justificavam-nas para o grupo). Tente descobrir por que são semelhantes. Às vezes, essas semelhanças se complementam muito bem. Juntar as melhores partes de conceitos parecidos pode levar a ótimas descobertas.

Agora você pode organizar suas ideias e descobrir se as pessoas as adoraram, curtiram ou foram indiferentes; e todos os envolvidos devem fazer o mesmo. Mas não fique muito apegado a uma única ideia, pois primeiro você precisa classificá-las e organizá-las, e não decidir os próximos passos a serem tomados.

reações com emojis

Em seguida, crie uma matriz ou grade para inserir suas ideias nas categorias de Adoro, Curto ou Indiferente.

Lembre-se de avaliar tudo com base nos critérios da sessão de brainstorming inicial. Qual era o problema ou a preocupação que você estava tentando solucionar? Analise tudo novamente e tente determinar se as soluções realmente se encaixam nas categorias e se eventualmente poderão ser colocadas em prática.

Além dos sentimentos de adorar, curtir ou de indiferença para cada ideia, resgate os critérios usados anteriormente para classificar, priorizar e categorizar seus conceitos, incluindo recursos, riscos, custos e valor.

Você pode incluir esses fatores em uma lista de verificação para acompanhar sua matriz ou grade. Uma ideia adorada terá menos chances de ser colocada em prática se não tiver um custo ou risco plausível. Da mesma forma, uma ideia que antes era indiferente pode obter uma maior aprovação se tiver um bom custo-benefício.

Vote nas ideias e tome uma decisão 

Nesta fase, as ideias da equipe já foram otimizadas, analisadas e classificadas. Todo mundo já tem uma boa noção das ideias mais realistas e viáveis e quais são muito caras ou impraticáveis dado o orçamento ou prazo atual. 

Se tudo estiver indo bem, você já terá indícios de qual é a melhor ideia.

É um ótimo momento para firmar sua decisão como um grupo e votar no conceito mais apropriado para a sua organização. Veja algumas dicas antes de escolher a ideia vencedora:

  • Há alguma semelhança entre as ideias mais adoradas e aquelas que as pessoas apenas curtiram? 
  • Alguma ideia foi inserida na categoria indiferente por engano pela equipe?
  • Você se esqueceu de algum critério importante ao selecionar as ideias (p. ex. se ficará pronta no prazo?) 

Veja as opções sendo votadas novamente. Se a sua empresa tiver verba, recursos e capacidade para desenvolver apenas uma ideia no momento, não vote na sua opção favorita imediatamente. Classifique as ideias restantes em uma ordem decrescente: 1 é sua favorita, 2 é a segunda melhor e assim por diante. Dessa forma, todos podem concordar sobre as duas melhores ideias de forma democrática.

É muito mais fácil escolher entre duas opções do que várias. Se o restante das ideias surgiu de uma reunião de brainstorming produtiva, guarde-as para mais tarde.

Antes da votação final, peça que os membros da equipe não façam escolhas baseadas em questões pessoais ou emocionais. Melhor ainda, tente identificar quaisquer preconceitos ou fatores externos que possam possivelmente influenciar o voto. Afinal, o objetivo é transformar a sessão de brainstorming em ideias viáveis.

brainstorming em equipe

Se fizer tudo isso corretamente, o impacto não será sentido apenas nessa votação, mas também em conversas futuras com o grupo. 

Crie um plano prático para a equipe

Depois de tomar a decisão, é hora de assumir os itens de ação pós-brainstorming. Se você não estiver pronto para dedicar todo seu tempo e energia (ou o da equipe) para o plano do projeto, tente manter a motivação de todos em alta. No mínimo, converse sobre os próximos passos com sua equipe.

Dependendo da finalidade do brainstorming inicial, os próximos passos podem variar bastante, como:

  • Um roteiro de produtos: ótimo para ajudar indivíduos e equipes a ir do ponto A ao ponto B, e orientar todos sobre como transformar ideias em soluções práticas.
  • Uma linha do tempo do projeto: oferece uma visão da sequência cronológica de eventos necessários para colocar ideias em prática, e é voltada para conversas gerais e não detalhes complexos.
  • Um quadro Kanban: ideal para quem tem um fluxo de trabalho flexível, baseia-se na simplicidade visual de mover cartões para acompanhar o andamento do início ao fim e manter as equipes informadas.
  • Um quadro Scrum: muito flexível e facilmente personalizável, as tarefas são segmentadas em faixas verticais ou horizontais por sprints, normalmente com rótulos como “A fazer”, “Em andamento”, “Em fase de testes” e “Concluído”.
  • Uma lista de verificação básica: simples e direto ao ponto, é algo usado por muitas pessoas no trabalho ou em casa para dividir projetos ou metas em tarefas específicas.

Independentemente do que a equipe decidir fazer depois do brainstorming, o mais importante é criar um plano claro e que faça sentido para todos os envolvidos, e segui-lo. Comprometa-se a cumprir os prazos e horários específicos para concluir cada passo e, em seguida, todos entram em acordo sobre o prazo final.

Atribua tarefas a cada membro da equipe

Determine quem é responsável por cada passo ou tarefa. Também é importante esclarecer o papel de cada pessoa do início ao fim de um projeto. As pessoas estarão mais motivadas se se sentirem parte do problema sendo solucionado (ou se forem afetadas por ele).

Ao atribuir tarefas, decida de antemão quais são as mais importantes a concluir primeiro e, em seguida, priorize-as de acordo. Essas tarefas ajudam a garantir a conclusão do projeto e, muitas vezes, precisam ser resolvidas antes de sequer considerar as tarefas posteriores.

As tarefas podem ser: criar um protótipo funcional, garantir financiamento ou obter autorização legal. 

Ao supervisionar a transformação de uma ideia em uma solução real depois do brainstorming, lembre-se de deixar claro qualquer transferência de tarefas entre pessoas e/ou departamentos. Mantenha uma comunicação aberta entre as partes interessadas (com ou sem a equipe) durante todo o projeto.

A maioria das pessoas não sabe como proceder depois de uma reunião de brainstorming. A plataforma do Lucidspark é ideal para classificar, priorizar e categorizar ideias, e oferece a estrutura necessária para transformá-las em passos práticos. Crie sua conta hoje mesmo para aproveitar sua próxima sessão de brainstorming em equipe ao máximo, e usufrua da conveniência do acesso remoto, recursos baseados em nuvem e integrações com aplicativos como o G Suite, Slack e Lucidchart.

temporizador para brainstorming do Lucidspark

Veja dicas para organizar suas reuniões de brainstorming em grupo no Lucidspark.

Veja como

Veja dicas para organizar suas reuniões de brainstorming em grupo no Lucidspark.

Veja como

Bastante acessado

Zoom’s Lucidspark Zoom App integration

Colaboração aprimorada do Lucidspark com o Zoom

Sobre o Lucidspark

O Lucidspark é um quadro branco virtual que ajuda você e sua equipe a colaborar e colocar em prática as suas melhores ideias. Ele vem com todas as notas adesivas, ferramentas de desenho à mão livre e espaço infinito na tela de desenho de que você precisa para registrar e desenvolver ideias. E ele foi criado especificamente para a colaboração. É um espaço de trabalho onde sua equipe pode discutir ideias e inovar junta em tempo real.

Produzido pelos criadores do Lucidchart, a plataforma utilizada por milhões de usuários em todo o mundo, incluindo 99% das empresas da Fortune 500.

Português
EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañolNederlandsPусскийItaliano
PrivacidadeJurídico
© 2021 Lucid Software Inc.