PINGDOM_CANARY_STRING
Mapa de história do usuário

Como fazer user story mapping no Lucidspark

Tempo de leitura: cerca de 6 minutos

Imagine escrever um romance sem primeiro elaborar o enredo ou o final da história. Inicialmente, pode até desenrolar bem, mas quando você já tiver escrito uma grande quantidade de palavras e parágrafos, fica mais difícil saber como desenvolver a história ou qual caminho a narrativa deverá seguir. Nem os melhores autores escrevem seus livros com rapidez: é preciso fazer bastante planejamento antes.

O mesmo vale para os melhores produtos no mercado, que costumam oferecer aquilo que os consumidores precisam. Produtos assim são fáceis de entender e usar, e agregam valor real à vida do consumidor. Mas, para chegar nesse nível, é necessário empatia com o usuário, e mapas de histórias de usuário (também comumente referidos pelo nome em inglês, user story mapping) são ótimos para tal. 

Histórias de usuários são fundamentais para entender os comportamentos que levam seus clientes a comprar e usar seu produto. 

Leia mais para saber como usar o Lucidspark para fazer user story mapping (mapa de história de usuário) rapidamente com a ajuda de toda a sua equipe.

Como fazer user story mapping no Lucidspark 

O maior benefício do Lucidspark é ser uma ferramenta colaborativa na nuvem que permite a contribuição de todos os membros da equipe. Isso facilita criar um mapa de história do usuário com a ajuda das partes interessadas. Veja abaixo um guia passo a passo:

1. Colabore de forma multifuncional

Para começar, marque uma reunião junto com as equipes de produto, UX e desenvolvimento para mapear a história do usuário. Cada equipe tem uma especialidade e perspectiva única que ajudam a acrescentar informações valiosas ao mapa de história do usuário. 

Por exemplo, seus designers de UX podem querer incluir um login por reconhecimento facial no aplicativo, mas a equipe de desenvolvimento ressalta que a maioria dos usuários faz login por computadores desktop. Outro exemplo: sua equipe de produto quer incluir todas as informações do produto em uma página de destino específica, mas a equipe de UX informa que, na verdade, sobrecarregar a página de destino com muitas informações causará um estresse cognitivo desnecessário ao usuário. 

É importante que todos analisem os comportamentos exibidos pelos usuários conforme interagem com seu produto.

Mas e se a sua equipe tiver que se isolar para sua própria segurança devido a uma pandemia persistente? Sem problema: com o Lucidspark, equipes remotas e presenciais podem trabalhar juntas em mapas de história do usuário. 

O Lucidspark também permite que cada membro da equipe tenha uma cor distinta ao contribuir para o mapa de história do usuário, o que facilita solicitar mais informações para ele/ela em determinadas áreas do mapa. Esse tipo de colaboração multifuncional e flexível oferece uma visão holística do mapa do usuário, fundamental para deixá-lo mais útil e realista.

2. Prepare seu mural

Antes de reunir sua equipe, configure o mural do Lucidspark. Você precisa fazer um brainstorming antes de organizar o mapa de história, e é importante fornecer as orientações certas para realizar uma boa sessão.

Primeiro, adicione contêineres para organizar o brainstorming. Os contêineres podem ter rótulos como: 

  • Atividades do usuário 
  • Pontos problemáticos do usuário
  • Objetivos e metas 

Recomendamos rotular seu mural, adicionar colaboradores e também compartilhar ou exibir um breve tutorial antes da sessão de brainstorming. 

3. Entenda seu cliente

Imagine criar um filme infantil sem conhecer as crianças para quem o filme é dirigido. Não daria muito certo, né? Da mesma forma, se você não entender as necessidades dos seus clientes, o seu produto não agregará valor algum. Felizmente, existe um processo de orientações para entender seu cliente. 

Use um modelo de perfil para entender melhor as motivações, as frustrações, as metas e os desejos de seu cliente. Você até pode imaginar como é um dia típico para ele/ela, do café da manhã às mídias sociais preferidas. 

estrutura ágil dimensionada
Exemplo de mural de perfil de usuário (clique na imagem para modificar on-line)

Considere também criar um mapa de jornada do cliente para saber mais sobre ele/ela e o que está pensando e sentindo em todas as etapas da jornada. Isso pode ajudar a amenizar frustrações, aumentar a satisfação e criar uma experiência mais uniforme.

estrutura ágil dimensionada
Exemplo de mapa da jornada do cliente (clique na imagem para editar on-line)

4. Brainstorming

Depois de obter informações sobre seu cliente e configurar o mural, é hora de começar o brainstorming. Trabalhe sua lista de contêineres de forma sistemática para que sua equipe possa focar em um tópico por vez (p. ex., faça um brainstorming somente das atividades do usuário, e, quando esse contêiner tiver uma quantidade suficiente de ideias, avance para os pontos problemáticos do usuário. 

Faça questão de:

  • Considerar as atividades específicas que seu cliente está tentando realizar
  • Identificar como os usuários interagem com seu produto 

Fica a dica: permita momentos de silêncio enquanto faz brainstorming com sua equipe. Se estiver trabalhando remotamente, peça para sua equipe permanecer envolvida com o brainstorming, mas incentive-a a fazer pesquisas em outra aba ou a rever anotações para inspirar novas ideias. Se você estiver trabalhando presencialmente, reserve um tempo para sua equipe sentar e pensar. A contemplação silenciosa é ótima para gerar ideias inovadoras.

brainstorming de mapa de história do usuário

5. Defina as prioridades 

Depois de preencher os contêineres, trabalhe com sua equipe para definir as prioridades. É muito importante trabalhar em grupo neste momento porque não é fácil determinar prioridades por conta própria. 

Use marcadores para priorizar diferentes atividades e pontos problemáticos. Esses serão os pontos de foco em seu mapa de histórias. No entanto, isso não significa que outros pontos não sejam importantes. Mantenha uma lista de prioridades que sobraram para reduzir a quantidade de trabalho ao ajustar o mapa de história do usuário no futuro.

6. Crie a história do usuário  

Com o trabalho de base concluído, é hora de criar a história do usuário. Está apreensivo? Não fique assim. Use o nosso modelo de mapa de história de usuário para organizar suas prioridades rapidamente. O mapa de história faz mais sentido quando você vê as etapas em ordem. 

mapa de histórias de usuários

Na parte superior do mapa de história, você verá as atividades realizadas pelos seus usuários, p. ex., editar um vídeo dentro do aplicativo e publicar nas redes sociais. Cada atividade tem ações correspondentes, como fazer login no aplicativo, abrir a câmera etc., que precisam ser executadas. Em seguida, defina quais recursos devem corresponder a cada atividade, e você também pode usar essas informações para determinar dependências e criar prioridades.

7. Exporte para o Lucidchart para iniciar o planejamento ágil

Agora que você elaborou seu mapa de história do usuário, é hora de transformá-lo em tarefas práticas. Para tal, exporte seu modelo de mapa de história do usuário do Lucidspark para o Lucidchart. Em seguida, divida cada recurso em tarefas que podem ser adicionadas a sprints. Essa é uma parte gratificante do processo, pois você verá como um brainstorming pode levar a um plano e como isso ajuda a definir tarefas claras e palpáveis atribuídas a membros da equipe. 

Melhor ainda: quando todos participam do mapa de história do usuário, eles passam a entender como tarefas menores ajudam a compor a visão geral da experiência do usuário, dando mais clareza ao processo como um todo.

Às vezes, o mapa de história do usuário é considerado uma parte não essencial do desenvolvimento, mas na verdade é fundamental para agregar valor ao produto e entender as motivações e os pontos problemáticos do usuário. 

illustration of people working together

Crie seu próximo mapa de história do usuário hoje mesmo no Lucidspark.

Iniciar

Use o nosso modelo de mapa de história do usuário para fazer seu próximo brainstorming de clientes.

Comece hoje mesmo

Bastante acessado

Zoom’s Lucidspark Zoom App integration

Colaboração aprimorada do Lucidspark com o Zoom

Sobre o Lucidspark

O Lucidspark é um quadro branco virtual que ajuda você e sua equipe a colaborar e colocar em prática as suas melhores ideias. Ele vem com todas as notas adesivas, ferramentas de desenho à mão livre e espaço infinito na tela de desenho de que você precisa para registrar e desenvolver ideias. E ele foi criado especificamente para a colaboração. É um espaço de trabalho onde sua equipe pode discutir ideias e inovar junta em tempo real.

Produzido pelos criadores do Lucidchart, a plataforma utilizada por milhões de usuários em todo o mundo, incluindo 99% das empresas da Fortune 500.

Português
EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañolNederlandsPусскийItaliano
PrivacidadeJurídico
© 2021 Lucid Software Inc.