PINGDOM_CANARY_STRING
brainstorming em grupo

As vantagens e desvantagens do brainstorming em grupo

Tempo de leitura: cerca de 7 minutos

Convenhamos, a maioria das empresas adoraria ter mais ideias criativas para desenvolver. A criatividade motiva equipes e mobiliza o crescimento e a inovação.

Quer conhecer e explorar mais o potencial criativo de sua empresa? Experimente o brainstorming em grupo. 

O brainstorming em grupo ajuda a criar uma sinergia e união incríveis entre os funcionários. Se for realizado corretamente, o brainstorming em grupo pode gerar soluções e transformar organizações de forma mais contundente do que toda a soma das contribuições individuais dos funcionários. Mas, às vezes, ele não funciona exatamente como planejamos.

Entender as vantagens e desvantagens do brainstorming vai melhorar seus resultados e deixar o brainstorming mais agradável para todos os envolvidos.

As vantagens do brainstorming em grupo

Sim, trabalhar sozinho pode parecer mais fácil. Ou menos complicado. Entretanto, há algumas vantagens claras de trabalhar em grupo para debater ideias.

Se as sessões de brainstorming colaborativo em sua empresa estão sendo forçadas e muito dependentes de você para gerar ideias, considere realizar brainstormings em grupo. É uma forma mais lógica e produtiva de trabalhar. 

Vamos falar sobre o motivo mais óbvio para fazer brainstorming com seu grupo.

Oferece inúmeras (e diversas) perspectivas 

Podemos até tentar, mas não dá para fazer tudo sozinho. E, de maneira alguma, isso deve ser visto como uma fraqueza. É uma constatação de que existem problemas que precisam de mais de uma pessoa para solucionar.

E não é um grupo qualquer que você deve reunir, pois quanto mais diverso ele for, melhor. Inclua participantes de áreas e históricos diferentes, e com uma variedade de idades e experiências de vida. Assim você facilita a fomentação de ideias novas, diversificadas e inovadoras.

Ajuda a evitar preconceitos em relação aos pontos de vista apresentados

Solucionar problemas e gerar ideias sozinho pode até ser mais eficiente, no entanto, você não terá acesso a questionamentos e contrapartidas de suas convicções, opiniões e preconceitos existentes.

Ao convidar pessoas que veem o mundo (e a sua empresa) de maneira diferente da sua, você terá mais chances de elaborar uma solução que jamais teria concebido ou revelado por conta própria. Você também conseguirá administrar as diferentes parcialidades melhor com um bom grupo de participantes.

A mera presença de pontos de vista diferentes faz com que todos estejam mais abertos a novas possibilidades.

Ajuda a gerar mais ideias em menos tempo

Quanto mais ideias gerar, mais chances de elas serem boas (e, quem sabe, ótimas). E quanto antes fizer isso, melhor. 

Em uma sessão produtiva de brainstorming, um grupo de pessoas pode gerar dezenas de ideias rapidamente, e cada uma pode inspirar muitas outras. A dinâmica de grupo pode ajudar cada participante a gerar um determinado número de ideias em um período de tempo específico.

De qualquer forma, os resultados obtidos em grupo são muito maiores em comparação aos gerados por pessoas trabalhando individualmente.

Cria oportunidades para explorar o intercâmbio de ideias

Pense: a oportunidade de explorar suas ideias e as dos seus colegas é a essência do brainstorming.

Debater e estudar uma variedade de soluções de uma só vez ajuda a gerar uma grande quantidade de novas associações às ideias. Alguns chamam isso de "compartilhamento de pipoca".

Esse método de solucionar problemas em grupo é simples: uma pessoa apresenta uma ideia ou solução. Em seguida, todo mundo contribui para desenvolver o conceito apresentado. No final, todos terão a sensação de que participaram de igual para igual para solucionar o problema. 

Cria companheirismo e gera uma sensação de aprovação 

Talvez um dos melhores motivos para incentivar o brainstorming em grupo para solucionar problemas em sua organização seja o fortalecimento dos relacionamentos por meio da colaboração nas equipes.

Sessões em grupo para conceber ideias abre oportunidades para as pessoas desenvolverem projetos juntas, algo que normalmente não fazem. O companheirismo criado nessas interações ajuda a romper isolamentos no trabalho e faz com que todos se sintam parte da empresa, como se fossem investidores.

E, consequentemente, investidores querem que as sessões de brainstorming gerem ótimos resultados, e isso é um fator muito positivo para todos.

As desvantagens do brainstorming em grupo

As desvantagens do brainstorming em grupo são semelhantes àquelas encontradas em equipes formadas por pessoas com atitudes divergentes.

É mais difícil tomar decisões, desentendimentos surgem com mais frequência e algumas pessoas ficam desanimadas e acabam participando menos. E tudo pode culminar em mais uma reunião de trabalho e mais responsabilidades. 

Mas não desanime. Há como superar os desafios do brainstorming em grupo. 

Sessões viram bagunças generalizadas

Criar uma equipe dedicada a resolver um problema específico é algo muito empolgante. 

No entanto, se não tomar cuidado, o brainstorming em grupo pode resultar em conversas desorganizadas e uma bagunça generalizada que acabam gerando ideias impraticáveis. Por isso é fundamental fazer um briefing e estabelecer um plano antes da primeira sessão de brainstorming.

O briefing contextualiza o problema a ser resolvido e define o objetivo do brainstorming. Com um propósito claro em mãos, os participantes conseguem focar em suas responsabilidades com mais facilidade. O plano é simples. Dedique um tempo para responder a perguntas pertinentes. Em seguida, estabeleça, de forma positiva, um prazo para gerar ideias novas (p. ex., 30 minutos). Ao término, avalie-as.

Muito pensamento de grupo e poucas ideias originais

Desenvolver as ideias uns dos outros é ótimo. Até que os conflitos começam a surgir. É comum as equipes passarem a focar demais em uma única ideia e perderem seu senso de criatividade. Isso é conhecido como pensamento de grupo.

Caso isso ocorra, tente incentivar a transparência. Crie um espaço onde os participantes se sintam seguros para expressar suas opiniões e ideias. Esse tipo de liberdade ajuda as pessoas a não ficarem tão obcecadas pela primeira solução encontrada, e elas se sentirão mais à vontade para compartilhar suas opiniões de forma sincera. 

No final do brainstorming, a equipe deve dedicar um tempo a focar na ideia divergente mais promissora.

Conversas dominadas por poucas pessoas

É da natureza humana. Em todo grupo, sempre tem alguém que quer dominar a conversa e que espera que todos ouçam e sigam sua opinião. É a mesma coisa no brainstorming.

Pessoas com personalidades dominantes dificultam o processo criativo, intimidam membros da equipe ou os deixam inseguros para apresentar uma opinião contrária. Felizmente, há uma série de táticas para administrar esses tipos de personalidades que encontramos em reuniões. 

  • Reconheça os comentários feitos pelo dominador, mas sem deixá-lo tomar muito tempo.
  • Use frases como: “Interessante. O que vocês pensam sobre isso?”
  • Chame os outros participantes pelo nome para contribuírem com suas opiniões.
  • Faça uma pergunta para distrair o dominador rapidamente e então recuperar o controle da conversa.

Muitas pessoas com traços dominantes têm boas intenções e acabam contribuindo com ideias construtivas. Ao rebatê-las de maneira educada (mas firme), suas sessões de brainstorming em grupo certamente serão mais produtivas.

É fácil não participar

Claro, há pessoas que não se importam de deixar que os outros dominem a conversa. Preferem não aparecer, deixando que outros gerem a maioria das ideias. 

É algo tentador exercer menos esforço em ambientes coletivos ou em grupos do que quando trabalhamos sozinhos. Isso é conhecido como folga social. Parecido com o efeito espectador, as pessoas se sentem menos obrigadas a agir se alguém assumir esse papel primeiro.

Adote uma estratégia semelhante à que você usou com as personalidades dominantes para aproximar e envolver pessoas que não estão participando ativamente do brainstorming em grupo. Ofereça reforço positivo aos membros da equipe que estão apreensivos ou acanhados para compartilhar ideias dentro do grupo. 

No início, é difícil sentir-se à vontade com um grupo de pessoas para gerar ideias em uma sessão de brainstorming. Entretanto, o esforço certamente trará ótimos benefícios. Lembre-se de que todo participante tem a capacidade de contribuir significativamente para a equipe, toda ideia merece ser explorada e todas as perguntas e dúvidas são válidas.

illustration of people working together

Se o brainstorming em grupo for realizado corretamente, ele pode oferecer inúmeros benefícios para a sua equipe. Veja as nossas dicas para aprimorar suas sessões de brainstorming.

Saiba mais

Veja as nossas dicas para aprimorar suas sessões de brainstorming em grupo.

Saiba mais

Bastante acessado

Zoom’s Lucidspark Zoom App integration

Enriched collaboration with Lucidspark and Zoom

Sobre Lucidspark

O Lucidspark é um quadro branco virtual que ajuda você e sua equipe a colaborar e colocar em prática as suas melhores ideias. Ele vem com todas as notas adesivas, ferramentas de desenho à mão livre e espaço infinito na tela de desenho de que você precisa para registrar e desenvolver ideias. E ele foi criado especificamente para a colaboração. É um espaço de trabalho onde sua equipe pode discutir ideias e inovar junta em tempo real.

Trazido a você pelos criadores da Lucidchart, com a confiança de 25 milhões de usuários em todo o mundo, incluindo 99% da Fortune 500.

Português
EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañolNederlandsPусскийItaliano
PrivacidadeJurídico
© 2021 Lucid Software Inc.