PINGDOM_CANARY_STRING
Perfil de usuário

Como criar perfis de usuário (e por que são importantes)

Tempo de leitura: cerca de 7 minutos

Uma das coisas mais bonitas do ser humano é a nossa capacidade de lidar com os desafios que nos cercam. Esse impulso natural nos leva a inventar soluções significativas que melhoram a vida das pessoas e, muitas vezes, impactam as de quem ainda nem nasceu. Rotineiramente, usamos invenções desenvolvidas por pessoas que sequer sabemos quem são, e criadas muito tempo atrás. E várias das soluções modernas de hoje foram desenvolvidas por seres humanos que conseguiram entender quem você é e do que você precisa.

Embora desenvolvedores de software não conheçam você pessoalmente, eles entendem bem os obstáculos que você enfrenta diariamente no trabalho. Eles conhecem o software que você usa e os aplicativos que baixa, o que permite criar soluções aprimoradas para os desafios. Para gerar essas soluções e esses recursos, desenvolvedores de software criam perfis de usuário. Este artigo ajudará você a elaborar seus próprios perfis de usuário para que possa criar soluções ainda melhores para seus usuários.

O que é um perfil de usuário? 

O perfil de usuário normalmente inclui uma foto do usuário, junto com:

  • Cargo
  • Idade
  • Gênero
  • Renda anual
  • Localização
  • Estado civil
  • Educação
  • Objetivos e desafios
  • Necessidades

Mas essas informações não são baseadas em suposições: são fundamentadas em padrões obtidos de pesquisas de dados. 

É um resumo um tanto mágico porque, em vez de tomar decisões de design com base em análises impessoais, sua equipe pode usar um perfil de usuário como referência e trabalhar com mais informações de empatia.

Jared, um zelador e perfil de usuário central em sua plataforma de prestadores de serviços, possui as habilidades tecnológicas necessárias para configurar um banco de dados usando seu produto? Jane, uma designer de interiores e mãe de duas crianças, tem paciência para inserir uma senha em vez de usar o recurso de reconhecimento facial (afinal, as pesquisas indicam que seus usuários usam mais iPhone do que Android)? 

Perfis de usuário são baseados em nossa capacidade extraordinária de ter empatia com outros seres humanos para criar soluções direcionadas.

Veja mais alguns benefícios dos perfis de usuário:

  • Eles podem inspirar outros produtos e recursos novos
  • Eles podem orientar decisões de marketing
  • Eles fornecem evidências significativas para ajudar a obter apoio das partes interessadas
  • Eles incentivam a criação de soluções que impactam pessoas reais

Como criar um perfil de usuário 

Agora que você entendeu a importância do perfil de usuário, tente elaborar o seu.

1. Comece com os dados

Você provavelmente tem mais dados para usar e extrair do que imagina. Mas, se realmente não tiver dados em mãos, você não conseguirá criar um perfil de usuário baseado em evidências. Então, será necessário realizar as devidas pesquisas. Os dados de referência incluem:

  • Entrevistas com usuários
  • Análise de sites (o Google Analytics fornece uma quantidade enorme de informações sobre seus usuários, como a porcentagem de visitantes que usam versões para desktop e versões para dispositivos móveis do seu site, e também informações demográficas dos visitantes)
  • Análise competitiva
  • Informações sobre as partes interessadas
  • Análise de palavras-chave (SEO)

2. Tente encontrar padrões

Depois de compilar os dados, talvez você se sinta sobrecarregado(a) de informações. Como organizar tudo isso? 

Tente encontrar padrões. Você verá componentes importantes que poderão ser agrupados. Por exemplo, seus usuários menos tecnológicos talvez entrem em seu site pelo Facebook.

Talvez você descubra que todos os seus usuários do sexo masculino ganham acima de R$ 300 mil/ano e a maioria fala inglês. Ou talvez que seus usuários moram em cidades grandes, têm cachorro e trabalham com marketing. Esses padrões surgirão por conta própria, mas você também pode identificá-los se souber como procurar.

3. Inclua componentes-chave de perfis de usuário

Componentes-chave são ótimos para orientar o processo de padrões e servem como base para as perguntas que você fará nas entrevistas com os usuários. Perfis de usuário precisam incluir:

  • Foto
  • Nome - quanto mais simples e fácil de lembrar, melhor. Recomendamos incluir um adjetivo curto e de uma única palavra junto ao nome (considere usar uma aliteração).
  • Descrição - ajuda a filtrar a pesquisa para obter dados significativos e práticos. As descrições devem incluir:
    •  Dados demográficos
      • Idade - a idade média deste determinado padrão. Não use o dado da extremidade inferior ou da extremidade superior, e sim o valor médio.
      • Trabalho - o padrão da sua pesquisa deve revelar temas comuns. A maioria dos seus usuários trabalha com tecnologia? Manufatura? Moda? Tente determinar qual o trabalho mais comum entre todos.
    • Personagem - todo escritor usa arquétipos comuns para desenvolver seus personagens. Alguns designers acreditam que deve ser usado um arquétipo ou um perfil, no entanto, não se trata de uma escolha: seus perfis podem incluir arquétipos. Seu usuário é um inocente ou o herói? É explorador? Visionário? Artista? Os arquétipos revelam as tendências dos seus usuários, e também suas jornadas. 
    • Personalidade - isso é importante para o tom de marketing que será usado. Seus usuários tendem a ser mais extrovertidos ou introvertidos? Mais criativos ou analíticos? Passivos ou ativos? 
  • Problemas - o que seus usuários dizem quando se encontram no auge de suas frustrações? O que provoca esse sentimento?
  • Objetivos/motivações do usuário - qual é a necessidade não atendida do seu usuário? O que melhoraria a qualidade de vida dele/dela?
  • Rotina diária - isso é ótimo para entender quando o usuário provavelmente interagiria com seu produto. Eles dormem até tarde? Trabalham de casa? Quando acessam as redes sociais? Tudo isso pode influenciar seu design. 
  • Conte a história - este é o componente-chave para gerar empatia com quem utiliza seus perfis de usuário. Uma coisa é ter fatos sobre um usuário, outra é entendê-lo por completo. A história de usuário deve incluir seus sentimentos e esperanças, bem como suas interações com o produto. 

4. Não se sinta limitado a um único perfil de usuário

A maioria das empresas usa pelo menos dois perfis de usuário para atender os diversos padrões que encontra em suas pesquisas. Por exemplo, talvez um dos seus perfis de usuário seja um homem mais velho e outro seja uma mulher jovem. Eles devem ter dados correspondentes. Use o mínimo de perfis necessário para atender sua pesquisa: não crie um perfil para todo ponto de dados. Normalmente, você não deve ter mais de cinco perfis de usuário.

5. Use um modelo

Trabalhe com mais inteligência. Modelos de perfil de usuário orientam seu perfil de usuário para você não ter que recriar o processo toda vez, ou consultar suas anotações a toda hora. Eles também não deixam você adicionar muitas informações, o que acabaria prejudicando a finalidade do perfil. Os modelos também transferem informações entre perfis, assim você não se esquece de incluir informações conforme adiciona mais perfis de usuário.

exemplo de perfil de usuário
Exemplo de perfil de consumidor (clique na imagem para editar on-line)

Depois de criar os perfis de usuário, não se esqueça de usá-los. Todos em sua empresa devem acessá-los com facilidade. Use-os em reuniões internas e acesse-os sempre que for tomar uma decisão sobre seu produto. 

Quanto mais você usar seus perfis de usuário, mais conhecerá seus usuários. Dessa forma, você gera mais empatia, criatividade e valor para os seus usuários, resultando em um maior valor comercial e uma evolução contundente de soluções para atender às necessidades dinâmicas dos seus usuários.

illustration of people working together

Aprenda a usar o Lucidspark para mapear histórias de usuários e entender melhor a jornada do seu cliente.

Ler mais

Use o Lucidspark para mapear histórias de usuário.

Iniciar

Bastante acessado

Zoom’s Lucidspark Zoom App integration

Colaboração aprimorada do Lucidspark com o Zoom

Sobre o Lucidspark

O Lucidspark é um quadro branco virtual que ajuda você e sua equipe a colaborar e colocar em prática as suas melhores ideias. Ele vem com todas as notas adesivas, ferramentas de desenho à mão livre e espaço infinito na tela de desenho de que você precisa para registrar e desenvolver ideias. E ele foi criado especificamente para a colaboração. É um espaço de trabalho onde sua equipe pode discutir ideias e inovar junta em tempo real.

Produzido pelos criadores do Lucidchart, a plataforma utilizada por milhões de usuários em todo o mundo, incluindo 99% das empresas da Fortune 500.

Português
EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañolNederlandsPусскийItaliano
PrivacidadeJurídico
© 2021 Lucid Software Inc.